Pesquisador desvenda a caligrafia paulistana nas letras e números dos logradouros

 

TiposPaulistanos1

O Art Déco, moda entre os anos 1930 e 1950, não marcou apenas as formas arquitetônicas produzidas no país, mas também sua tipografia, ou seja, o estilo que números e letras assumiram na sinalização urbana na indicação dos nomes de edifícios e logradouros públicos. O estudo dessa tipografia foi objeto da dissertação de mestrado na FAU USP do arquiteto José Roberto D’Elboux, defendida no ano passado e disponível aqui. Da pesquisa resultou uma ampla coleção de imagens coletadas pelas ruas de São Paulo que tornou-se pública com a criação do site Tipos Paulistanos. As imagens são colecionadas desde 2008, inicialmente apenas voltadas a números e em seguida, às letras.

Os elementos gráficos aparecem organizados em diferentes categorias, entre algarismos, monogramas e iniciais, ornamentais, arquitetônicos e Art Déco. Há ainda uma categoria destinada apenas a letras e números perdidos, em retratos melancólicos em que se vê apenas as marcas deixadas ao longo do tempo em paredes e muros. “O site serve para as pessoas repararem mais nos detalhes e nas riquezas visuais que temos na cidade, que na maior parte do tempo passam desapercebidas”, diz D’Elboux. É também uma importante fonte de referência para arquitetos, designers e outros profissionais que lidam com elementos gráficos. A tipografia que se revela nas ruas de uma cidade é equiparável à caligrafia de uma pessoa, parte da expressão da personalidade de cada um.

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment


Trackbacks